TV Poços
   
   
  Última atualização   20 de setembro de 2019 | 12:55:18
Contato

Cavalo de charrete que teve cólica passa bem


Incluída em: 05/01/2012 | 15:47


Iraque, o cavalo de charrete que caiu na avenida Edmundo Cardillo no dia 30, devido a problemas renais, passa bem. O incidente acabou gerando suspeita de maus-tratos. O cavalo passou mal quando retornava para casa, após ter feito um passeio de manhã, e recebeu diagnóstico de dores renais por parte da Associação Protetora dos Animais (Aapa), que prestou atendimento no local.

 

Segundo Francisco Carlos Rodrigues, presidente da Associação dos Condutores de Veículos de Tração Animal, não há histórico de problemas com cavalos que conduzem charretes há vários anos. A associação possui uma parceria com a PUC Minas e a Secretaria de Saúde através do programa Charreteiro Gente Nossa. O curso de Medicina Veterinária da universidade acompanha os 120 cavalos que são usados nas charretes, prestando atendimento veterinário. Além disso, o programa irá proporcionar padronização das charretes e capacitação dos condutores. Os charreteiros receberão um selo que comprovará idoneidade e comprometimento com os requisitos do Charreteiro Gente Nossa. As rotas dos passeios serão padronizadas e uniformes serão distribuídos entre os condutores.

 

Iraque tem 12 anos, meia idade de um cavalo. Na tarde da última quarta-feira (4), o animal estava bem disposto e se alimentou normalmente no quintal da propriedade do dono, no São Sebastião, onde descansa e interage com outros cavalos. Ele ficará dois meses sob observação. "O cavalo veio para trabalhar na sexta e fez um único passeio pela manhã. Ficou um tempo parado e vimos que ele não estava muito bem. Aí acionamos o dono, que o levou embora. Infelizmente, ele acabou passando mal no caminho para a casa", relembra Rodrigues.

 

O presidente enfatiza que há uma fiscalização rígida nos pontos de charretes. No dia 31, a associação advertiu um condutor que havia desrespeitado o regulamento, que determina que um cavalo não possa conduzir charretes dois dias seguidos. O charreteiro havia trazido o mesmo cavalo no dia seguinte e foi impedido.

 

Tradição
Os passeios de charrete são muito requisitados pelos turistas. Segundo o secretário de Turismo José Carlos Polli, o atrativo turístico tem toda a atenção da secretaria e é supervisionado com cuidado por possuir animais como meio de locomoção. "As charretes fazem parte de uma tradição de Poços. São um atrativo que o turista aprecia muito. Ao contrário do que muita gente imagina, elas não estão atrapalhando o trânsito e são fiscalizadas pelo Demutran, como consta na lei. Os charretistas tratam bem os cavalos e há muitas famílias que são sustentadas por meio dos passeios de charrete", afirma.

 

ACS/Prefeitura de Poços de Caldas
 

Pocos-Net 2017 3 Pocos-Net 2017 5 2 - Anuncie Aqui



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados