Avalon
   
   
  Última atualização   29 de janeiro de 2020 | 18:38:42
Contato

Alunos de Poços participam da etapa estadual do Parlamento Jovem


Incluída em: 24/08/2011 | 18:14


Sete alunos de Poços de Caldas participaram, nos dias 18 e 19 de agosto, da etapa estadual do Parlamento Jovem 2011, que abordou nesse ano o tema “Drogas – como prevenir?”. Após a etapa municipal, que ocorreu de março a junho na Câmara, as escolas selecionaram os alunos para o encontro em Belo Horizonte. Também estiveram no evento representantes de 16 cidades de Minas Gerais.

 

Participaram do Parlamento Jovem Mineiro os estudantes Larissa Oliveira da Cruz (Escola Estadual Francisco Escobar), Frederico Lago Silva (Escola Criativa Idade), Jenifer Alessandra Pereira e Gustavo Henrique Dias Dal´ava (Escola Municipal Carmélia de Castro), Lucas Henrique Furchi (Escola Nini Mourão) e Amanda Nogueira e Felipe Santos de Souza (Colégio Municipal Dr. José Vargas de Souza).

 

Nos dois dias do PJ de Minas, os alunos participaram de oficinas de entrosamento e de teatro com o professor Ludovikus Moreira, da Escola do Legislativo. Durante essas atividades, eles se dividiram em grupos heterogêneos e improvisaram pequenas esquetes com a temática do Parlamento Jovem, que são os problemas decorrentes do uso de drogas. O professor enfatizou que se tratava de um exercício de desinibição a fim de facilitar os debates durante a Plenária Final.

 

Todas as propostas enviadas pelas cidades participantes foram discutidas em grupos de trabalho, divididos pelos sub-temas:  “O Jovem e o papel da Família”, “O Jovem e o Papel da Escola” e “O Jovem e o Papel da Sociedade”. Nessa fase, os alunos priorizaram 18 propostas para serem discutidas na Plenária Final, onde mais uma vez haveria a discussão e votação para a aprovação de seis propostas.

 

Encerrando os trabalhos, foi realizada a Plenária Final no dia 19 de agosto, na Assembléia Legislativa de Minas Gerais. Durante o encontro, foi composta a mesa de autoridades e o presidente da ALMG, deputado Diniz Pinheiro, enfatizou a importância da participação da juventude no processo democrático e da evidente evolução que o Parlamento Jovem vem apresentando com a participação das cidades do interior. O deputado André Quintão, presidente da Comissão de Participação Popular e grande incentivador do Parlamento Jovem, relembrou as propostas das edições anteriores que propiciaram a implantação de políticas públicas ou de leis, como é o caso da alimentação para os alunos dos cursos noturnos das escolas estaduais.

 

Propostas

 

As 18 propostas selecionadas nos grupos de trabalho foram debatidas e votadas. No final, seis delas foram priorizadas e entregues ao Presidente da Comissão de Participação Popular para o encaminhamento necessário.

 

Poços de Caldas teve uma proposta aprovada na íntegra, que foi a criação de um “Centro de Lazer e Reflexão”, cujo objetivo é o atendimento psicossocial do jovem e da família para evitar o envolvimento com drogas. Outras foram aglutinadas ou modificadas, pois muitos assuntos foram recorrentes dentre os municípios participantes. Os alunos de Poços de Caldas defenderam com muito entusiasmo, não só as propostas daqui, mas outras que julgaram importantes, além de terem participado ativamente dos debates.

 

A coordenadora do Parlamento Jovem em Poços, Arlis Silva Bassi, ressaltou o desenvolvimento do projeto ao longo dos anos. “Podemos dizer que o Parlamento Jovem é uma experiência que deu certo nas Câmaras Municipais e, apesar de não ser um projeto fácil de ser implantado e executado, dá frutos excelentes, pois coloca o jovem para pensar em políticas públicas e a pensar no conceito política como coisa boa e que beneficia a coletividade”, enfatizou.

 

Parceria

 

O Parlamento Jovem, instituído na Câmara de Poços através da aprovação de um Projeto de Resolução de autoria do vereador Flávio Faria (PT), é uma parceria com a Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

 

O projeto é um espaço aberto para discussão e o objetivo  principal é mostrar aos alunos a necessidade de conscientização política e participação efetiva no processo democrático. Além disso, as atividades pretendem também despertar o interesse dos estudantes para a organização da sociedade civil e participação no processo político.

 

Os trabalhos são desenvolvidos mediante uma metodologia que envolve a pesquisa, o debate, o convencimento ou negociação, as escolhas e o exercício democrático. Tudo isso através de atividades dentro da Câmara e no âmbito escolar, com a apresentação de propostas concretas, que poderão  se tornar leis municipais ou estaduais, de acordo com a competência.

 

Durante a etapa municipal, os alunos têm várias atividades dentro e fora da sala de aula. Além da presença no lançamento do projeto, eles participam de palestras realizadas nas escolas por funcionários da Câmara e vereadores, de oficinas de redação e oratória e da discussão das propostas durante a Plenária Final.

 

Mais informações sobre o Parlamento Jovem instituído na Câmara de Poços podem ser obtidas nos telefones 3729-3845/3818.

 

ACS/Câmara Municipal

 

Pocos-Net 2017 3 Pocos-Net 2017 5 PINHAL net 2017 4



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados