Lu Conviteria - Convites de Casamento
   
   
  Última atualização   23 de março de 2019 | 15:26:01
Contato

Secult presta contas e apresenta propostas para 2019


Incluída em: 14/02/2019 | 06:31


Na última semana, foi realizada uma reunião do Conselho Municipal de Política Cultural, para rever as metas estabelecidas no Plano Municipal de Cultura, analisar as ações em andamento e debater as proposições para 2019, além da prestação de contas da Secretaria Municipal de Cultura em relação ao ano passado.

O encontro, realizado na Biblioteca Centenário, no Espaço Cultural da Urca, contou com a presença do vice-prefeito Flávio Faria e da vereadora Maria Cecília Opípari, representando o Legislativo.

O diretor de Políticas Culturais da Secult, Gustavo Dutra, apresentou as ações realizadas pela pasta em 2018. Ele ressaltou que o investimento em cultura, no ano passado, foi de mais de R$ 5,7 milhões, o que representa aproximadamente 1% do orçamento total da Prefeitura. Os recursos foram investidos em projetos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, incentivados e patrocínio direto do DME, além dos repasses orçamentários para manutenção e funcionamento da secretaria, serviços e equipamentos disponibilizados.

Ainda sobre as realizações da Secult, foram descritas as propostas recebidas, número de artistas e técnicos envolvidos, estimativas de público e investimentos dos eventos, ações e espaços. Entre as iniciativas realizadas citadas estão Encontro de Companhia de Santos Reis, Charanga dos Artistas,  Pelos Caminhos do Gólgota, Virada à Mineira, Programação Cultural da Festa de São Benedito, Julho Fest, Prêmio Benigno Gaiga de Incentivo ao Teatro, Prêmio de Incentivo à Dança, Festival Nacional de Humor, Salão Bruno Filisberti - CONARTE, Pró-Museu, Semana de Cultura Popular "Dona Mercedes", Semana Nacional de Museus, Intercâmbio Cultural, Festival de Presépios Criativos, Incentivo à Cultura, Programa de Patrocínios DME para projetos incentivados, Programa de Patrocínio Direto DME e agenda do Espaço Cultural da Urca.

O presidente do Conselho de Política Cultural, Pedro Cezar Carvalho de Moraes, ressaltou que a intenção do Conselho é a construção de diálogos e pontes com o Executivo e Legislativo. "É importante que o olhar para o Conselho seja de parceria, não apenas para a classe artística, mas para a cidade e a sociedade como um todo", enfatizou.

Já o vice-prefeito Flávio Faria reafirmou o compromisso e o protagonismo da população, destacando o crescimento de Poços de Caldas na área cultural. "É obrigação e nossa responsabilidade que o município construa junto ao povo e respeite as políticas culturais", afirmou.

Propostas para 2019
O orçamento previsto para a Cultura em 2019 é de mais de R$ 6,3 milhões. As ações serão norteadas pela questão do acesso à cultura, com a continuidade da implementação do Sistema Municipal de Cultura, com ênfase nos seus componentes não obrigatórios e nas metas a serem atingidas até 2021.

Entre as propostas estão a reforma do Espaço Cultural da Urca; a manutenção da política de editais; a gestão e acompanhamento de projetos; o desenvolvimento do Ano Cultural com ênfase no Programa Poços de Caldas Cidade Literária; a ampliação das atividades no CEU; a extensão dos projetos geridos pela Secult nas escolas e unidades do Programa Municipal da Juventude (PMJ); a expansão de ações de formação de público para o Museu Histórico e Geográfico; a realização comemorativa de 25 anos do Festival de Inverno Julho Fest; e o apoio às manifestações tradicionais da Cultura Popular na cidade.

Plano Municipal de Cultura
A arte-educadora Daniela Alvisi falou sobre o Plano Municipal de Cultura, enfatizando que todo agente cultural deve conhecê-lo. "Este um documento importante que propõe, de forma sistematizada e modelar, a Política Cultural, considerado como referência na área". O Plano Municipal de Cultura está disponível no site da Prefeitura (www.pocosdecaldas.mg.gov.br ). Sobre as metas estabelecidas, a equipe da Secult realizou o trabalho de transformação dos planos das Câmaras Setoriais em eixos, relacionando e aglutinando metas, linguagens e ações para um documento conjunto e efetivo.

O Conselho de Política Cultural é parte integrante e fundamental do Sistema Municipal de Cultura. Por seu caráter deliberativo, contribui de forma incisiva para a política de cultura em Poços de Caldas. O mandato dos membros do conselho é diferenciado. Os membros nomeados pelo Executivo cumprem os quatro anos de mandato juntamente com a administração que os nomeou. Já os representantes da sociedade civil, eleitos por voto direto, entram no conselho no segundo ano da administração, para promover a continuidade das diretrizes a ações propostas.

ACS/Prefeitura de Poços de Caldas
 

Pocos-Net 2017 3 Pocos-Net 2017 4 Pocos-Net 2017 5



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados