Lu Conviteria - Convites de Casamento
   
   
  Última atualização   24 de maio de 2019 | 10:14:46
Contato

Chuva e imprudência causam mortes em MG


Incluída em: 16/10/2012 | 07:05


O feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida foi marcado pelo grande número de mortes nas estradas mineiras. Ao todo, 55 pessoas perderam a vida no recesso mais violento do ano. Tanto a Polícia Rodoviária Federal (PRF) quanto a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) colocam a imprudência dos motoristas e a chuva como os principais causadores dos 826 acidentes. Já o consultor em assuntos de trânsito e presidente do Conselho Empresarial de Política Urbana da Associação Comercial de Minas Gerais (ACMinas), José Aparecido Ribeiro, credita o trágico balanço à precariedade das rodovias. 

 

Nos quatro dias de operação das polícias rodoviárias Estadual e Federal, 595 pessoas ficaram feridas. Nas estradas estaduais, foram 36 mortes e nas federais 19. O número de óbitos desse feriado é maior do que o registrado no carnaval, quando 45 pessoas perderam a vida em seis dias. Na operação de fim de ano, por exemplo, morreram 66 pessoas no período entre 16 de dezembro de 2011 e 2 de janeiro de 2012. 

 

Para a assessora de comunicação da PRF, Fabrizia Nicolai, a pista molhada contribuiu para os desastres. “Sempre falamos da imprudência e da falta de cautela, que são fatores importantes, mas este ano tivemos um longo período de estiagem. E voltou a chover em Minas logo no feriado. Essa chuva molha a pista, que está suja e a faz ficar escorregadia”, explica.

 

Os últimos dias do feriado tiveram o maior número de ocorrências, quando os motoristas estavam voltando para as respectivas cidades. “Somente ontem, tivemos dez mortos nas BRs. Isso é um número elevado. Monitoramos os principais trechos já conhecidos pelo alto índice de acidentes, porém este ano, as ocorrências aconteceram em locais variados”, afirma. 

 

Nas estradas estaduais, a maioria dos acidentes aconteceu por falta de atenção e imprudência dos motoristas. Para se ter uma ideia, 186 casos, segundo balanço da PMRv, foram por falta de atenção ao voltante, 29 pelo condutor não manter a distância, 25 por velocidade acima da permitida no trecho, 22 por aquaplanagem, 21 por causa de animais na pistas, entre outros. 

 

Para o especialista de trânsito José Aparecido, a precariedade das estradas é o fator preponderante para o grande número de mortes. “As condições das rodovias foram a causa dessas mortes, pois em rodovias seguras, mesmo que haja imprudência, as condições da pista trabalham para evitar essas batidas. A imprudência sempre existiu e sempre vai existir”, afirma. Ele também critica as autoridades. “ É preciso ter sorte para passar pelas BRs 381 e 040 e contar que não vai atravessar um caminhão na sua frente. Só existe uma solução nesses locais, a reconstrução total das vias”, diz Ribeiro.

 

Tragédias

 

As batidas mais graves aconteceram no domingo na MGT-259, em Diamantina, na Região Central do estado, e na MG-223, em Monte Carmelo, na Região do Alto Paranaíba. No primeiro acidente, o motorista de uma carreta bitrem carregada com toras de madeira perdeu o controle da direção e atingiu o Fiat Uno, que passava pelo sentido oposto. A carreta teria passado por cima do carro. Seis pessoas morreram na batida. 

 

O outro acidente matou quatro pessoas. Um Fiat Palio seguia no sentido Monte Carmelo/Celso Bueno quando o motorista invadiu a contramão e bateu de frente com uma carreta carregada de adubo. Todos os quatro ocupantes do carro ficaram presos às ferragens e morreram na hora. 

 

Na BR-381, entre BH e João Monlevade, na Região Central, um acidente matou três pessoas na madrugada de domingo. O carro em que seguia uma família despencou de uma ribanceira às margens da Rodovia da Morte. Uma criança de 10 anos, mesmo ferida, conseguiu vencer um penhasco de cerca de 100 metros de altura para pedir socorro. Os pais dela e uma amiga da família morreram, mas a menina teve forças para vencer uma fratura na perna e pedir ajuda para a irmã, resgatada com vida. 

 

Estado de Minas

 

Pocos-Net 2017 5 2 - Anuncie Aqui Pocos-Net 2017 2



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados