CopiaMax
   
   
  Última atualização   20 de setembro de 2019 | 13:26:08
Contato

Homem que matou e escondeu corpo no sofá pega 23 anos de prisão


Incluída em: 24/10/2011 | 14:08


Depois de mais de 10 horas de julgamento, o homem acusado de ter matado e escondido o corpo da ex-companheira Camila Carvalho do Rosário, de 21 anos, debaixo de um sofá em Poços de Caldas, foi condenado a 23 anos e seis meses de prisão. Alessandro Franco, de 32 anos, foi condenado a 21 anos e três meses de prisão pela morte de Camila e pela ocultação de cadáver, foram mais dois anos e três meses.

Crime confesso

Franco confessou durante o julgamento que matou Camila, no dia 11 de março de 2010. O réu disse que estrangulou e escondeu o corpo da jovem debaixo de um sofá na casa onde eles moravam, no Jardim São Paulo, em Poços de Caldas. Ele foi preso um dia após a polícia ter encontrado o corpo e desde então permanece preso no Presídio de São Joaquim de Bicas, na Região Central de Minas Gerais.

Franco possui duas filhas com Camila. Atualmente as meninas estão com 3 e 4 anos de idade. Desde o crime, elas estão sob responsabilidade da avó materna.

EPTV

Pocos-Net 2017 5 2 - Anuncie Aqui PINHAL net 2017 4



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados